07/11 18:21

Agricultores quilombolas da região do Munin, Lençóis e Delta comercializam seus produtos na Agritec de Barreirinhas

Governador Flávio Dino, secretários Júlio Mendonça (SAF) e Gerson Pinheiro (SEIR) e deputado Adelmo Soares entregam Selo Maranhão Quilombola. Foto: Luis Henrique Fontes

A Feira da Agricultura Familiar e Agrotecnologia do Maranhão (Agritec) que acontece no município de Barreirinhas traz oportunidades para pequenos produtores quilombolas da região do Munin, Lençóis e Delta demonstrarem seus produtos agrícolas e artesanatos, aumentando a comercialização e o apoio à produção.

Através de ações de inclusão produtiva do Programa Maranhão Quilombola (PMQ) diversos agricultores familiares receberam apoio e orientações técnicas para produzir mais e com melhor qualidade, colocando seus produtos nos mercados locais com mais facilidade.

“A Seir, juntamente com o Sistema Saf, muito contribuíram para que os agricultores quilombolas do Maranhão desenvolvessem uma agricultura mais sustentável, com maior qualidade de produtos e mais facilidade de comercializar. Isso gera mais renda e mais segurança alimentar nas comunidades” é o que afirma o secretário de igualdade racial Gerson Pinheiro.

Produtos da agricultura familiar quilombola expostos na Agritec. Foto: Divulgação

Uma ação de destaque do Programa Maranhão Quilombola na Agritec foi a entrega da certificação para o uso do Selo Maranhão Quilombola para a Associação de Moradores do Quilombo Marcelino em Barreirinhas.

O certificado foi entregue pelo governador Flávio Dino ao agricultor Gerson Pereira da Silva, que destacou a importância dessa certificação para os produtos oriundos de sua comunidade. “É de grande importância para nós porque mostra para os consumidores que nossos produtos têm qualidade e nossa forma de produzir respeita o meio ambiente”.

Comunidades quilombolas de sete municípios receberam o Selo Maranhão Quilombola nesta Agritec: Alcântara (Itamatatiua e Santa Maria), Barreirinhas (Cantinho, Santo Antonio, Marcelino e Santa Cruz), Rosário (São Miguel), Icatu (Jacarei dos Pretos), Serrano do Maranhão (Deus bem sabe e Vera cruz), Vargem Grande (Piqui da Rampa) e Santa Rita (Cariongo).

Secretário Gerson Pinheiro, Socorro Nascimento e Mauricea Lopes no stand da Seir na Agritec. Foto Luis Henrique Wanderley

Secretário Gerson Pinheiro, Socorro Nascimento e Mauricea Lopes no stand da Seir na Agritec. Foto Luis Henrique Fontes

Os agricultores quilombolas desses municípios expuseram diversos produtos de suas comunidades nos stands da Agritec com o Selo Maranhão Quilombola: melancia, macaxeira, polpas de frutas, farinha, mamão, batata, arroz integral, batata, além de artesanatos, como chapéus de fibras, bolsas e artigos de cerâmicas.

O agricultor José Gomes da Silva Tavares, conhecido como Janjão, morador do quilombo Jacareí dos Pretos, em Icatu, comemorou o recebimento do Selo Maranhão Quilombola. “Este Selo e ainda esta oportunidade de expor na Agritec é um grande impulso para os agricultores quilombolas do Maranhão, pois estamos iniciando um novo ciclo de produção nos quilombos, uma produção com maior qualidade e com novas oportunidades de expor e comercializar”.

Contatos

contatos

Telefone:

(98) 2108-9124 e 2108-9139

E-mail:

secigualdaderacial.ma@gmail.com

New title

  • Youtube

Map

Click to open larger map

Powered by Google Maps Widget
Links Úteis
Localização

localização

Secretaria de Estado da Igualdade Racial

Click to open larger map

Rua Djalma Dutra, 121, Centro - São Luis - MA